Portal RN Notícia
Aqui você fica bem informado

Governador Wilson Lima anuncia mais 2 mil contemplados com a “CNH Social” na capital e interior

Lista já está no site do programa Detran Cidadão. Do total contemplado, 1.500 são de 17 municípios do interior

O governador Wilson Lima anunciou, nesta sexta-feira (21/01), que a segunda lista de contemplados no projeto “CNH Social” já está disponível no site do programa Detran Cidadão (www.detrancidadao.am.gov.br). Foram selecionadas mais 2 mil pessoas, sendo 500 de Manaus e 1,5 mil de 17 municípios do interior. Lançado pelo Governo do Estado em 2021, o programa é executado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

O projeto “CNH Social” oferece gratuidade para as pessoas de baixa renda em todos os processos para primeira habilitação de motorista junto ao Detran-AM, assim como para adição ou troca de categoria para quem já é habilitado. O projeto vai ofertar 20 mil vagas até dezembro deste ano.

“Essa é uma ação que muda a vida das pessoas, transforma e dá esperança. O benefício que nós estamos concedendo é para que as pessoas tenham oportunidade de trabalhar. Para que o beneficiado tenha uma oportunidade de aumentar sua renda ou de arrumar um emprego e garantir o sustento da sua família”, disse o governador ao destacar que esta é uma das prioridades do Governo do Estado em 2022.

“Além de trabalhar para garantir a manutenção dos empregos e a criação de novos postos de trabalho, estamos trabalhando para colocar comida na mesa dos amazonenses com os nossos programas como o Auxílio Estadual, o Peixe no Prato e os restaurantes Prato Cheio”, completou Wilson Lima.

O governador ressaltou que os selecionados devem ficar atentos ao calendário de entrega da documentação. Ele varia conforme o município do contemplado, segundo o Detran-AM.

A partir da próxima quarta-feira (26/01), a entrega de documentos se inicia nos municípios de Autazes, Careiro Castanho, Coari, Humaitá, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Novo Airão, Parintins, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Tabatinga e Tefé. Na sexta-feira (28/01), começa nos municípios de Careiro da Várzea e Silves.  Cada candidato terá um dia específico para apresentar a documentação. Essa informação vai estar na lista de contemplados.

Documentos – Devem ser apresentados documento de identidade com foto (RG ou CNH), comprovante de residência e título de eleitor. O título é exigido para que se possa comprovar que o candidato reside há pelo menos dois anos no Amazonas, como determina um dos pré-requisitos do projeto.

Além da documentação, os beneficiados dos municípios de Autazes, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Coari, Humaitá, Itapiranga, Manaquiri, Novo Airão, Rio Preto da Eva, Tabatinga, Tefé e Silves, deverão levar duas fotos 3×4 (fundo branco), pois o Detran-AM não possui serviço de captura de imagem nessas cidades.

A entrega da documentação deverá ser feita nos Postos de Atendimento Descentralizados (PAD) dos respectivos municípios, com exceção de Careiro da Várzea e Silves. No Careiro, o atendimento será na Sala 1 da Prefeitura Municipal e, em Silves, na Prefeitura da cidade. Em Manaus, a entrega deverá ser feita na sede do Detran-AM.

Vagas – Conforme anunciado pelo governador Wilson Lima, a segunda fase do projeto “CNH Social” vai contemplar moradores do interior e da capital. Na primeira etapa, em 2021, os primeiros 1 mil selecionados foram todos de Manaus. A distribuição das vagas foi proporcional ao número de pessoas cadastradas no CadÚnico em cada um dos 17 municípios do interior atendidos nesta segunda chamada.

Segunda chance – Das 1 mil pessoas selecionadas na primeira etapa do projeto “CNH Social”, 336 não compareceram ao Detran-AM para apresentar a documentação. “Nós vamos dar uma nova chance para essas pessoas. Caso elas novamente não atendam ao chamamento, serão substituídas por outras”, explicou Rodrigo de Sá, diretor-presidente do Detran Amazonas.

A lista da repescagem da primeira etapa também será divulgada nesta sexta-feira (21/01) no site detrancidadao.am.gov.br.

Balanço – O projeto “CNH Social” recebeu, até 31 de dezembro de 2021, 284.532 inscrições. Desse total, 79,5% se inscreveram em Manaus e 20,5% no interior.

No interior, os municípios com mais inscritos foram Manacapuru (7.222), Iranduba (5.566) e Itacoatiara (4.733). Já as menores quantidades de inscrições foram registradas em Japurá (6), Santa Isabel do Rio Negro (27) e Itamarati (31).

Entre todos os inscritos no estado, a maior procura foi pela primeira CNH categoria B (162.842 inscritos); de Primeira Habilitação categoria A (90.008) e depois pela troca de categoria D (12.530).

Foto: Diego Peres/Secom