Portal RN Notícia
Aqui você fica bem informado

“Eu o espanquei com uma ripa”, diz mãe de criança que morreu em hospital de Manaus

Uma jovem de 22 anos foi detida na madrugada deste sábado (12) suspeita de espancar e matar o próprio filho de 2 anos após a criança quebrar suas maquiagens no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus. Policiais militares foram acionados pelos médicos do hospital, por conta da suspeita de prática de lesão corporal contra a criança. Eles conduziram a mulher a Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), no conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul.

A mulher revelou em entrevista a uma TV local, sem expressar nenhuma emoção pelo ocorrido, que espancou o garoto e que “tinha se estressado com algumas coisas” e por isso “estava um pouquinho alterada” ao justificar a agressão.

“Sim, de fato eu o espanquei com uma ripa. Foi de terça para quarta que bati nele e ele começou a passar mal. Não levei ao hospital, porque dei remédio e ele estava normal. Quando dei comida, coloquei ele de bruços no cantinho dele e então tá. Quando eu voltei, mexi com ele e ele não estava mais respondendo. Ele estava provocando e se sufocando no próprio vômito”, disse a mulher ao programa Alô Cidade.

Em nota, a Polícia Civil (PC) informou que a vítima deu entrada na unidade de saúde apresentando sinais de febre, vômito e respiração fraca. Na unidade hospitalar, também foi constatado que a criança apresentava sinais de espancamento.

A mãe se defendeu da acusação de ter matado o filho. “Eu agoniada de um lado para o outro e um policial chegou e fez todas as perguntas e respondi normalmente. Todo mundo falando ‘ah, tu matou teu filho’, mas não foi bem assim. Eu dei água e comidinha para ele normalmente”.

Vizinhos disseram que a criança era sempre posta de castigo para a parte externa da casa e ficavam brincando com ele, para que o pequeno parasse de chorar.