Portal RN Notícia
Aqui você fica bem informado

Em 2021, Governo do Amazonas revitalizou 154 escolas estaduais em todo o estado

Foram 60 escolas da capital e 94 unidades escolares do interior do estado

A retomada das aulas presenciais, no ano de 2021, foi um marco na rede estadual de ensino. Ao todo, 598 unidades de ensino e 445 mil estudantes passaram a ter aulas de segunda a sexta-feira. Para o retorno, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, deu continuidade ao trabalho de revitalização das escolas estaduais da capital e do interior.

Ao todo, 154 unidades de ensino passaram pelo procedimento de revitalização. Foram 60 escolas da capital e 94 unidades escolares do interior do estado. Os serviços são, em geral, melhorias nos sistemas elétrico e hidráulico, pintura geral, troca de telhados e, em alguns casos, ampliação de espaços comuns.

O trabalho de revitalização das unidades de ensino tem sido realizado desde 2019, quando o governador Wilson Lima assumiu o executivo estadual. Em três anos, foram 277 revitalizações, sendo 118 unidades de ensino da capital e 159 escolas do interior. À época, a demanda estava reprimida há mais de 2 anos.

A secretária de Educação, Kuka Chaves, destacou o cuidado do governador Wilson Lima com as escolas do interior: “O Governo do Amazonas tem tido toda uma atenção com essas unidades, das quais muitas delas não recebiam há anos um reparo sequer. Isso mostra o comprometimento que temos em avançar com a Educação no estado, pois sabemos que questões estruturais interferem, e muito, no processo de aprendizagem dos nossos estudantes”, reforçou a secretária.

Interior – A Escola Estadual Coronel Fiuza, localizada no município do Careiro da Várzea (distante 25 quilômetros de Manaus), atingida pela cheia do rio Solimões entre os meses de janeiro e maio de 2021, foi uma das unidades contempladas. Todos os anos a unidade de ensino enfrenta o fenômeno natural. Esse ano, dois fatores foram marcantes: a cheia do rio e a pandemia da Covid-19.

“Passamos por melhorias na estrutura do prédio e assim, conseguimos retornar. Na escola, temos mais de 900 alunos matriculados, em 12 salas. Recebemos serviços de manutenção de aparelhos de ar-condicionado, lavagem e pintura de toda a escola para cumprir o retorno às aulas presenciais. Vemos que essa é uma vitória da Educação, pois acredito que só através dela vamos ter um futuro mais digno”, explicou a gestora Antônia Almeida.

FOTO: Euzivaldo Queiroz e Gabriel Andrade/Seduc-AM e Lucas Silva/Secom