Portal RN Notícia
Aqui você fica bem informado

Corinthians: Perito confirma racismo de Rafael Ramos a atleta do Inter

Na partida disputada entre Internacional e Corinthians, no último sábado (14), que terminou empatada por 2 a 2, o meia Edenilson acusou o lateral-direito Rafael Ramos, do time paulista, de ofensa racial.

O jogador afirmou ao árbitro e aos demais jogadores que o defensor do Corinthians disse “fod*-se, macaco”. Após toda a repercussão do caso, um perito em leitura labial confirmou a ofensa racial proferida pelo lateral no programa Timeline, da Rádio Gaúcha. Em sua defesa, Rafael Ramos, que é português, afirmou que tudo não passou de um mal entendido e que estava com a consciência tranquila.

“Eu estou aqui com a consciência e a cabeça limpas para explicar o que aconteceu. Foi puramente um mal entendido entre mim e o Edenilson. No fim do jogo estive com ele e tivemos uma conversa tranquila, onde expliquei o que tinha acontecido. Ele explicou o que realmente entendeu, que não é verdade. Eu expliquei a verdade daquilo que tinha dito. Foi isso que aconteceu. Tivemos uma conversa tranquila. Ele mostrou um receio de se passar por mentiroso, e aí eu falei que ele não é um mentiroso, apenas entendeu as palavras erradas. Apertamos a mão e desejei a ele boa sorte”, disse em um pronunciamento.

O jogador chegou a ser detido após sair do estádio Beira-Rio, mas pagou fiança de 10 mil reais e foi liberado pela Polícia Civil.

Por meio de uma nota oficial, o Corinthians afirmou que “coerente com seus 111 anos de história, repudia e não compactua com o racismo”. O time ainda informou que vai colaborar com as investigações.

Ao 27 anos, Rafael está defendendo o seu primeiro clube brasileiro na carreira. Até aqui, o jogador disputou apneas seis partidas